Adriana Braghetta

Após 25 anos atuando como advogada em arbitragens nacionais e internacionais, Adriana Braghetta abriu seu próprio escritório em janeiro de 2020. É bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo (1993), universidade na qual obteve seu mestrado (2000) e seu doutorado (2008). Também possui especialização lato sensu em Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getulio Vargas (2001).

Atuou em mais de 200 arbitragens (como advogada e como árbitra) envolvendo contratos de construção, contratos de fusões e aquisições, questões societárias,. contratos de fornecimento (incluindo várias disputas de take or pay), entre outros. Parte desses casos refere-se aos seguintes setores: construção civil, aeroespacial, educação, seguros, mineração, energia renovável, petróleo e gás, transporte, moda, instituições bancárias, logística, agronegócio, telecomunicações, entre outros.

Atualmente, é membro do Governing Board do International Council for Commercial Arbitration (ICCA), instituição da qual foi Vice-Presidente durante o mandato de 2014-2017. Foi Diretora do Ramo Brasileiro da International Law Association (ILA) (2000-2013) e membro do Comitê de Arbitragem Internacional da ILA. Foi Presidente do Comitê Brasileiro de Arbitragem (CBAr) durante o mandato de 2009-2013, do qual é atualmente membro do Conselho Diretivo. É membro de diversos comitês e conselhos de arbitragem de associações e instituições arbitrais, como a ICC, CCBC, CIESP/FIESP, AMCHAM-SP, entre outras.

Em 2013, atuou como membro da Comissão de Juristas convidada pelo Senado Federal para a revisão da Lei de Arbitragem brasileira. É palestrante frequente e professora de arbitragem no CEU- Centro de Extensão Universitária. Escreveu diversos artigos acadêmicos e é autora do livro “A Importância da Sede da Arbitragem: visão a partir do Brasil”, publicado pela editora Renovar em 2010. Conferencista visitante na New Zealand Law Foundation Dispute Resolution Lecture em 2015.